Se Liga News



23/10/2018

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL: UM MINISTÉRIO DE PERSEGUIÇÃO E CURA

Versículo do dia
E dividiu-se a multidão da cidade; e uns eram pelos judeus, e outros pelos apóstolos." At 14.4 

Para impactar
O trabalho evangelístico de Paulo e de Barnabé crescia cada dia mais, e, assim, perseguição cada dia mais...e o poder de Deus na vida deles, também crescia cada dia mais.

Textos de Referência.
At 14.1-11
Introdução
A primeira viagem missionária de Paulo é marcada por muitas perseguições e milagres, pois onde houver a Palavra de Deus sempre haverá perseguição, e, onde houver perseguição, sempre haverá os cuidados do Senhor.
#pontochave
“Jovem, a mensagem da cruz não deve ser pregada de forma aleatória e displicente, pelo contrário, deve ser estudada, vivenciada e inspirada pelo Espírito Santo, desta forma ela se torna o verdadeiro poder de Deus  para a humanidade.”

1. UMA GRANDE OPORTUNIDADE
"E aconteceu que em Icônio entraram juntos na sinagoga dos judeus, e falaram de tal modo que creu uma grande multidão, não só de judeus mas de gregos.", At 14.1
 1.1 Não me envergonho do Evangelho
Após irem embora de Antioquia da Psídia, Paulo e Barnabé chegaram a Icônio, uma cidade da Ásia Menor que ficava a beira de um planalto, sendo uma região muito rica e muito produtiva. Era também conhecida por ter uma deusa mãe que era reverenciada por sacerdotes eunucos, além de uma grande parcela de judeus e gregos.
Paulo e Barnabé estavam em uma terra que teoricamente não seria receptível ao evangelho, mas Paulo e Barnabé estavam intimamente ligados a Cristo, e de forma nenhuma sairiam de lá sem anunciar as boas novas de salvação.
Mas pela graça de Deus sou o que sou; e a sua graça para comigo não foi vã, antes trabalhei muito mais do que todos eles; todavia não eu, mas a graça de Deus, que está comigo.

1 Coríntios 15:10
Mas pela graça de Deus sou o que sou; e a sua graça para comigo não foi vã, antes trabalhei muito mais do que todos eles; todavia não eu, mas a graça de Deus, que está comigo.

1 Coríntios 15:10
Mas pela graça de Deus sou o que sou; e a sua graça para comigo não foi vã, antes trabalhei muito mais do que todos eles; todavia não eu, mas a graça de Deus, que está comigo.

1 Coríntios 15:10
Mas pela graça de Deus sou o que sou; e a sua graça para comigo não foi vã, antes trabalhei muito mais do que todos eles; todavia não eu, mas a graça de Deus, que está comigo.

1 Coríntios 15:10
Mas pela graça de Deus sou o que sou; e a sua graça para comigo não foi vã, antes trabalhei muito mais do que todos eles; todavia não eu, mas a graça de Deus, que está comigo.

1 Coríntios 15:10
Mas pela graça de Deus sou o que sou; e a sua graça para comigo não foi vã, antes trabalhei muito mais do que todos eles; todavia não eu, mas a graça de Deus, que está comigo.

1 Coríntios 15:10
Mas pela graça de Deus sou o que sou; e a sua graça para comigo não foi vã, antes trabalhei muito mais do que todos eles; todavia não eu, mas a graça de Deus, que está comigo.

1 Coríntios 15:10
Mas pela graça de Deus sou o que sou; e a sua graça para comi






1.2. Muitos creram
Entrando na sinagoga dos judeus, Paulo e Barnabé pregaram de forma tão maravilhosa que não somente judeus, mas também gregos creram na Palavra, sendo estes uma grande multidão.
A mensagem dos homens de Deus foi marcada em Icônio por algumas características:
1º - Falavam ousadamente acerca do Senhor;
2º - Davam testemunho à palavra de sua graça;
3º - Operavam sinais e maravilhas. (At 14.3).
Jovem, a mensagem da cruz não deve ser pregada de forma aleatória e displicente, pelo contrário, deve ser estudada, vivenciada e inspirada pelo Espírito Santo, desta forma ela se torna o verdadeiro poder de Deus  para a humanidade.

#pararefletireadorar 
 "Devemos manter essas coisas separadas: Deus terminou a obra da reconciliação na cruz; contudo ainda é necessário que os pecadores se arrependam e creiam, e assim sejam reconciliados com Deus". John Stott


2. OUTRA VEZ PERSEGUIDOS
Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor; e nós mesmos somos vossos servos por amor de Jesus.

2 Coríntios 4:5
Certa feita, Jesus subiu a um monte e ensinou:
"Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa." Mt 5.11

2.1. Havendo divisão
Após uma mensagem impactante em Icônio, alguns judeus incrédulos e alguns gentios se irritaram com a mensagem, dividindo o povo da cidade, onde uns eram a favor da mensagem dos apóstolos e outros, a favor dos judeus. 
Os judeus incrédulos tentaram preparar um motim contra os servos de Deus, com intenção real de apedrejá-los, porém sem sucesso.
Em sua segunda carta ao povo de Corinto, Paulo escreveu:
"Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos;"2 Coríntios 4:9

"nenhuma adversidade poderia ser maior do que o que Deus lhe tinha preparado para a eternidade."

2.2. Fugindo da perseguição
Após a mensagem pregada em Icônio, Paulo e Barnabé precisaram fugir, pois aqueles que não aceitaram a palavra de salvação queriam insultá-los e matá-los, porém eles foram para Listra e Derbe, cidades da Licaônia.
Paulo teve seu ministério marcado por muitas perseguições, porém essas perseguições se tornam irrisórias, comparando-se à dedicação em falar da Palavra de Deus.
Ele sabia que nenhuma adversidade poderia ser maior do que o que Deus lhe tinha preparado para a eternidade.
"Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada.Rm 8.18
 3. DEUS OPERANDO MARAVILHAS
"Porque tu és grande e fazes maravilhas; só tu és Deus.", Sl 86.10

Porque tu és grande e fazes maravilhas; só tu és Deus.

Salmos 86:10
3.1. Levanta-te!
Chegando em Listra, Paulo e Barnabé continuaram a obra que o Senhor havia lhes conferido: pregavam o Evangelho (At 14.7).

Nesta cidade Paulo se encontrou com um homem coxo de nascença, e vendo que havia fé nele para ser curado:
"Disse em voz alta: Levanta-te direito sobre teus pés. E ele saltou e andou."At 14.10

3.2. Toda a glória pertence a Deus
Diante do feito de Paulo, muitos quiseram comparar Paulo e Barnabé a deuses, porém Paulo aproveitou a oportunidade para dizer que ele e seu companheiro não passavam de homens, e que todos deveriam se converter ao Deus vivo, que fez o céu e a terra, pois ele é o único digno de toda a glória.  
Alguns judeus convenceram uma multidão a apedrejar Paulo e assim o fizeram, lançaram-no para fora da cidade, achando que estava morto; mas, no dia seguinte, levantou-se, e foi até Derbe, ali pregou e fez muitos discípulos.
E terminou sua primeira viagem missionária voltando por todas as cidades que já havia passado, e, chegando a Antioquia, estava com uma mala cheia de conversões e discípulos.

Conclusão. 




A primeira viagem missionária de Paulo foi marcada, não por perseguições ou apedrejamentos, mas sim por dois homens cheios do Espírito Santo, que pregaram a Palavra de Deus. 


#aprendeu

1. Descreva uma das características da mensagem de Paulo em Icônio.

2. Após serem perseguidos em Icônio, para onde Paulo e Barnabé foram?

3. Onde Paulo pregou e fez muitos discípulos?

Fonte: Revista Betel Conectar


SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE EM NOSSOS ANÚNCIOS! 
  • Comentários no Blogger
  • Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL: UM MINISTÉRIO DE PERSEGUIÇÃO E CURA Rating: 5 Reviewed By: Oedimar Oliveira