Se Liga News



23/10/2018

Princípios para votar como um cristão: “não há escolha feita por um cristão que aconteça distante da face de Deus”

"Considere a relação entre suas convicções políticas e religiosas. Lembre-se que não há escolha feita por um cristão que aconteça distante da face de Deus"

Por Filipe Fontes


Seis brevíssimas sugestões para quem vai votar no domingo!
1)  Considere a importância de seu voto. Lembre-se de que sua escolha tem impacto real sobre a vida e futuro da nação. Vote de maneira responsável!
2) Considere o real tamanho de seu voto. Lembre-se de que, embora importante, seu voto é apenas mais um. Vote com humildade! (Isto poderá evitar que você experimente desânimo radical imediatamente – em caso de eventual derrota nas urnas; ou posteriormente – em caso de eventual decepção com seu candidato eleito no futuro).

3) Considere a complexidade de nosso sistema político. Lembre-se de que a eleição do legislativo é tão ou mais importante do que a eleição do executivo. Vote sem simplismo!
4) Considere a relação entre suas convicções políticas e religiosas. Lembre-se que não há escolha feita por um cristão que aconteça distante da face de Deus. Vote sem cinismo!
5) Considere as propostas políticas dos candidatos e, seguindo o tópico anterior, procure avalia-las à luz dos princípios bíblicos para a dimensão política, tais como: os limites do estado, a autonomia relativa do indivíduo e das esferas sociais, o cuidado em relação aos necessitados, etc. Vote preparado!
6) Considere a relação entre ética e política. Lembre-se de que embora o voto seja uma ação política, a vida é mais complexa do que a política e funciona de modo mais integrado do que sugere os currículos fragmentados das ciências modernas. Ou seja: política não é apenas política, e a ética de um candidato é determinante para suas decisões e ações. Vote sem reducionismo!
São apenas algumas sugestões que podem te ajudar no desafio do próximo domingo. Que Deus te abençoe!
  • Comentários no Blogger
  • Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Princípios para votar como um cristão: “não há escolha feita por um cristão que aconteça distante da face de Deus” Rating: 5 Reviewed By: Oedimar Oliveira