Se Liga News



17/11/2018

Escola Bíblica Dominical:O Rei se chama Jesus


OBJETIVOS DA LIÇÃO
Entender – Que Jesus é o Messias prometido;
Compreender – Que a mensagem de Paulo estava embasada em Cristo como Rei;

Saber – Que a mensagem de Cristo tem poder para mudar uma cidade, um estado, um país e o mundo.



Versículo do dia
E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.", Fp 2.11
Introdução

Nesta lição, trataremos de mais um momento importante da viagem de Paulo, sua chegada a Tessalônica e a Bereia. Uma viagem marcada pela exaltação ao nome de Jesus, o verdadeiro e único Cristo.


Para impactar
Nada pode intimidar um cristão ao ponto de fazê-lo calar, pois sua chamada envolve oração, santificação e pregação, se assim não for, seu cristianismo não passa de uma religiosidade hipócrita.


TEXTO DE REFERÊNCIA
1 Então eles viajaram através das cidades de Anfípalis e Apalônia, e chegaram a Tessalônica, ande havia uma sinagoga judaica.


2 Como era costume de Paulo, ele foi lá pregar, e durante três semanas seguidas discutiu as Escrituras com o povo.



3 Explicando as profecias a respeita dos sofrimentos do Messias e da volta dEle à vida, provando que Jesus era o Messias.



4 Alguns que ouviram acreditaram e se converteram, incluindo-se, um grande número de homens gregos piedosos, e também muitas mulheres importantes da cidade.

5 Mas os líderes judaicos ficaram com inveja e animaram uns sujeitos maus das ruas a se revoltarem e atacarem a casa de Jasom, pretendendo levar, Paulo e Silas ao Conselho da Cidade para serem castigados.


6 Como não encontraram os dois lá, em lugar deles arrastaram Jasom e alguns dos outros crentes e levaram diante do Conselho: “Paulo e Silas viraram o resto do mundo de cabeça para baixa, e agora estão aqui perturbando a nossa cidade”, clamavam eles.



7 E Jasom deixou os dois entrarem em sua casa. Todos eles são culpados de traição, porque dizem que há um outro rei, Jesus, em lugar de César.



8 O povo da cidade, como também os juízes ficaram inquietos com estas informações,



9 e só deixaram os acusados irem embora depois de pagar uma multa.



10 Naquela noite os cristãos fizeram Paulo e Silas saírem depressa para Beréia; ali eles foram à sinagoga pregar.



11 Entretanto o povo de Beréia tinha a mente mais aberta do que a de Tessalônica, de modo que ouviram com mais interesse a mensagem. E investigavam dia a dia as Escrituras, para conferir as declarações de Paulo e Silas, a fim de ver se realmente elas eram assim.



12 Como resultado, muitos deles creram, incluindo-se diversas mulheres gregas importantes – e também muitos homens.



13 Mas quando os judeus de Tessalônica souberam que Paulo estava pregando a Palavra de Deus em Beréia, foram para lá e criaram confusão.



14 Os cristãos agiram imediatamente, e enviaram Paulo para a beira mar, enquanto Silas e Timóteo ficavam lá em Beréia. 
Atos 17.1-14




Ponto chave
Sempre seremos compelidos pelo mundo a não professarmos Cristo como verdadeiro Rei e Senhor, porém devemos manter esse posicionamento até o fim.”


1. Chegando a Tessalônica
E passando por Anfípolis e Apolônia, chegaram a Tessalônica, onde havia uma sinagoga de judeus.", At 17.1


1.1 Mantendo o foco 

Paulo e sua comitiva chegaram a Tessalônica, e, como era de costume, foi ter um debate com os da sinagoga sobre as Escrituras, e assim o fez por três sábados seguidos.



Dizia que convinha que o Cristo padecesse e ressuscitasse dos mortos, exatamente o que o próprio Jesus aos dois discípulos no caminho de Emaús, Lc 24.26.
Diante desta mensagem alguns judeus se juntaram com Paulo e Silas,mas também se aproximaram deles religiosos gregos e muitas mulheres.
O Espírito Santo trabalhava intensamente na vida destes homens, pois muitas pessoas foram convencidas e convertidas ao doce Evangelho de Cristo.
"E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo.", Jo16.8 



1.2. Homens invejosos

A Bíblia relata que havia alguns judeus desobedientes que, depois de terem visto tudo o que Deus fizera através da vida de Paulo e Silas, encheram o coração de inveja.
É uma pena que, ainda nos dias de hoje, é possível encontrar pessoas como estes judeus, que sentem inveja do que você é, do que você tem, e até do que você pensa.
Os invejosos não são assim por terem menos do que nós, mas por não conseguirem ser quem nós somos.
"O sentimento sadio é vida para o corpo, mas a inveja é podridão para os ossos.", Pv 14.30



Para refletir e adorar 

É melhor ter alguma dificuldade em ouvir o Evangelho do que não ter qualquer dificuldade em ouvir o que está bem longe de ser Evangelho". Martinho Lutero



2. Um anfitrião chamado Jasom

Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor; e nós mesmos somos vossos servos por amor de Jesus.
2 Coríntios 4:5



Deus sempre prepara bons homens para ajudar aqueles que se dispõem a viver integralmente a obra de Deus.



2.1. Recebendo os homens de Deus

Após a mensagem de Paulo, os invejosos foram até a casa de Jasom, e o assaltando, levaram ele e alguns irmãos a presença dos magistrados, sob acusação de ter recolhido, ou melhor, acolhido Paulo e a comitiva que o acompanhava.
Os homens acusavam Jasom e todos os que estavam em nome de Cristo, por irem contra os decretos de César, e alegavam que estes homens tinham outro rei que se chamava Jesus.
Sempre seremos compelidos pelo mundo a não professarmos Cristo como verdadeiro Rei e Senhor, porém, devemos manter esse posicionamento até o fim.



Louvai-o pelos seus atos poderosos; louvai-o conforme a excelência da sua grandeza.", Sl 150.2.



2.2. Nosso rei é Jesus

Os irmãos foram presos, porque professavam Cristo como rei, assim como Paulo e sua comitiva.
Jasom precisou pagar uma satisfação (fiança) para ser solto, porém o mais interessante é saber que estes homens trataram Cristo como seu verdadeiro rei.
Estes homens reconheciam a Jesus em sua excelência, não simplesmente como um profeta ou um judeu, mas sim como Rei dos reis e Senhor dos senhores.
"Louvai-o pelos seus atos poderosos; louvai-o conforme a excelência da sua grandeza.", Sl 150.2.



3. Chegando a Bereia

"E logo os irmãos enviaram de noite Paulo e Silas a Beréia; e eles, chegando lá, foram à sinagoga dos judeus.", At 17.10



3.1. Uma boa recepção

Quando Paulo e seus acompanhantes de ministério chegaram a Bereia, foram melhor recebidos do que em Tessalônica, e na sinagoga de lá ouviram as mensagens de Paulo, e de bom grado recebiam a Palavra de Deus, fazendo com que muitos cressem no Evangelho que lhes era pregado, inclusive mulheres gregas e muitos varões.



3.2. Mais uma perseguição

Quantas vezes já ouvimos a frase: "Para ajudar não tem um, mas para atrapalhar..."
Foi isso o que aconteceu com Paulo, logo os judeus de Tessalônica souberam que Paulo e seus companheiros estavam em Beréia, foram para lá incitar a multidão contra eles, mas imediatamente os irmãos enviaram Paulo até o mar, porém Silas e Timóteo permaneceram lá.
Jovem, sempre teremos perseguidores, porém Deus sempre enviará companheiros para nos ajudar.
"O Senhor está comigo entre aqueles que me ajudam; por isso verei cumprido o meu desejo sobre os que me odeiam.", Sl 118.7 



Conclusão. 

Paulo e sua comitiva estavam cumprindo o ide do Senhor Jesus com excelência, pois pregavam o evangelho da salvação através do grande Rei. Jesus Cristo.



Quem é este Rei da Glória? O Senhor dos Exércitos, ele é o Rei da Glória. (Selá.)", Sl 24.10



Aprendeu

1. O que fizeram os judeus desobedientes depois de terem visto tudo o que Deus fizera através da vida de Paulo e Silas?





2. Do que Jasom e seus irmãos foram acusaram?





3. O que os judeus de Tessalônica foram fazer em Bereia?


  • Comentários no Blogger
  • Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Escola Bíblica Dominical:O Rei se chama Jesus Rating: 5 Reviewed By: Oedimar Oliveira