Judeus não foram destruídos porque Deus cuida de Israel, diz embaixador israelense - Se Liga na Informação



Judeus não foram destruídos porque Deus cuida de Israel, diz embaixador israelense

Compartilhar isso

Homenagem à criação do Estado de Israel na Câmara teve autoria dos deputados Roberto de Lucena e Marcos Pereira.



Embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, em discurso na Câmara dos Deputados. (Foto: Reprodução/TV Câmara)


Uma sessão solene em homenagem aos 71 anos da criação do Estado de Israel foi realizada na manhã desta terça-feira (21) na Câmara dos Deputados. A sessão é de autoria dos deputados federais Roberto de Lucena (PODE-SP) e Marcos Pereira (PRB – SP).
Dia da Independência de Israel, que foi comemorado em 9 de maio, foi celebrado por parlamentares brasileiros devido a importância do Brasil no acontecimento.
Em 1947, o diplomata brasileiro Oswaldo Aranha presidiu a sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas que votou o plano da ONU para a partilha da Palestina, levando à criação do Estado de Israel no ano seguinte.
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), destacou os “significativos intercâmbios culturais, comerciais, agrícolas, tecnológicos, de defesa, de inteligência e de pessoas têm dado o tom amistoso dos diálogos Brasil-Israel”.
Marcos Pereira afirmou que “ter Israel como nação amiga é um estímulo” para todos os brasileiros e que o Brasil deve se espelhar em “nações como a israelense”.


Em seu discurso, Lucena notou que Brasil e Israel são unidos por valores “em comum”. Ele citou ainda a importância da visita do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, na posse presidencial de Jair Bolsonaro, bem como a visita do presidente brasileiro a Israel.
O parlamentar também relembrou a atuação de soldados israelenses na tragédia em Brumadinho(MG), acrescentando que “esta união vai muito além das formalidades e dos documentos firmados”.
O embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, observou que a Bíblia registra a história de perseguição ao povo judeu. “Os judeus sempre foram perseguidos, sempre, sempre. Mas todas as potências quebraram e os judeus ficaram. Sabem por quê? Por uma razão: porque Deus cuida de Israel. Se há pessoas que não acreditam nisso, olhem a história”, afirmou.
Segundo Shelley, prova disso está na “força de Israel”, especialmente quando se trata de tecnologia. “Está escrito na Bíblia que o povo judeu deve ser a luz de todas as nações. Por isso, israelenses, judeus, ao redor do mundo, não somente em Israel, eles gostam e querem ajudar todos: na área de medicina, na área de tecnologia, satélites…”, afirmou.
“Tive relações com o Brasil sempre, desde a criação do Estado de Israel, quando Oswaldo Aranha, o chanceler, bateu o marteloTudo ficou bom. Algumas vezes houve atrasos, mas agora a relação Israel-Brasil está mais forte que nunca”, destacou o embaixador israelense.
Também estiveram compondo a mesa o deputado Aroldo Martins (PRB-PR), o deputado Silas Câmara, presidente da Frente Parlamentar Evangélica, Ruth Goldberg, diretora da Confederação Israelita do Brasil e Daniel Leon Bialski, presidente da Hebraica.
Confira a sessão solene na íntegra:

FONTE: Guiame

Nenhum comentário:

Postar um comentário