Se Liga News



20/10/2018

PT já encontrou culpado pela derrota: WhatsApp


Os ataque histéricos petistas contra Jair Bolsonaro na quinta-feira em decorrência de uma matéria da Folha sobre suposto disparo de mensagens de WhatsApp contra o PT com financiamento privado não resultaram em melhora na situação de Fernando Haddad no Datafolha, que havia ido a campo na quarta, mas também na própria quinta.
Na verdade, Bolsonaro até oscilou um ponto para cima, aparecendo com 59% das intenções de voto, 18 pontos à frente de Haddad, que oscilou um ponto para baixo e apareceu com 41%. Repito o placar dos votos válidos: 59 a 41.
Os dados são tenebrosos para o PT:
– 95% dos eleitores de Bolsonaro dizem que estão completamente decididos a votar nele, enquanto 89% dizem o mesmo sobre Haddad.
– A rejeição a Haddad é de 54%, 13 pontos a mais que a rejeição de 41% a Bolsonaro.
Reverter tamanhas diferenças em 9 dias até a votação do segundo turno em 28 de outubro é uma tarefa tão hercúlea que não espanta que o PT apele ao tapetão.
O partido entrou no TSE com pedido de investigação contra a campanha de Bolsonaro, baseado na matéria da Folha, sem que tivesse surgido provas que sustentem a acusação, muito menos qualquer vínculo direto do candidato do PSL com o episódio relatado.


Os petistas também pediram busca e apreensão de documentos na Havan e na casa de Luciano Hang, dono da rede varejista citada pelo jornal, e ainda que Bolsonaro seja declarado inelegível por oito anos. Sem brincadeira. Querem um tapetão válido não só para esta eleição, mas também para as vindouras.
O dono da Havan negou o financiamento e afirmou que processará a Folha. Bolsonaro disse que não tem controle se tem empresário simpático a ele fazendo o que a matéria diz; depois comentou que o PT não está sendo prejudicado por fake news, mas pela verdade. E o presidente do PSL, Gustavo Bebianno, atribuiu o caso ao desespero petista.
Aspas: “Estão tentando criar um fato político qualquer. Quem entende de caixa 2, de dinheiro roubado, de assaltar os cofres públicos para fins pessoais e partidários é o PT”. Fecho aspas.
Mas nada demonstrou mais o desespero do que a acusação de Haddad de que Bolsonaro criou uma organização criminosa de empresários que, mediante caixa dois, dinheiro sujo, está patrocinando mensagens pelo WhatsApp mentirosas.
É curioso como Haddad não reconhece provas confirmadas pela Justiça contra Lula, mas toma como prova contra Bolsonaro uma denúncia de jornal que não tinha provado nada.
Como Haddad só aparece à frente do adversário no Nordeste, onde tem 53% contra 31% de Bolsonaro, o pavor do PT é que um governo de direita mostre aos nordestinos, na prática, que eles não precisam dos petistas, ou seja: o partido teme perder o eleitorado cativo, e reduzido, que restou. E já mostrou que fará o diabo até a hora da eleição.
Só falta dizer que mensalão, petrolão, dossiê dos aloprados, fraudes fiscais, financiamento de ditaduras e 14 milhões de desempregados eram só fake news de WhatsApp.
FONTE: https://jovempan.uol.com.br/Felipe Moura Brasil:
  • Comentários no Blogger
  • Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: PT já encontrou culpado pela derrota: WhatsApp Rating: 5 Reviewed By: Oedimar Oliveira