Como se comportarão as pessoas nos últimos dias? - Se Liga na Informação



Como se comportarão as pessoas nos últimos dias?

Compartilhar isso

Não tenha nenhuma dúvida de que Deus quer, por parte dos Seus filhos, uma vida santa, hoje e sempre.


A Bíblia já previu que, com a proximidade da volta de Cristo, haveria um esfriamento gradativo em relação ao que Deus ordenou nas Escrituras. Vamos identificar isto nas passagens a seguir, com as declarações do apóstolo Paulo e de Jesus:
1. O ALERTA DE PAULO: “VIRÃO TEMPOS DIFÍCEIS”
2Tm.3:1-5 e 4:3-5: “Sabe, porém, isto: nos últimos dias sobrevirão tempos difíceis; pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, antes amigos dos prazeres que amigos de Deus, tendo forma de piedade, negando-lhe entretanto, o poder. Foge também destes”; “Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres, segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceiras nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se às fábulas. Tu, porém, sê sóbrio (…)”.
  1. a) O QUE SÃO ESTES “ÚLTIMOS DIAS”?
O que lemos acima, descreve o que encontraremos nos “últimos dias”. Será que já estamos vivendo este tempo?

O importante é entendermos que estes “últimos dias” foram iniciados com a 1a. vinda de Cristo, através do seu nascimento sobrenatural. O que a Bíblia não diz, é o dia e a hora em que este período, chamado de últimos dias”, terminará.
Sabemos que alguns acontecimentos mundiais ocorrerão, com uma força nunca vista antes, culminando com a 2a. vinda de Cristo, como o “ladrão na noite”, sem avisar, de surpresa. Assim sendo, teologicamente falando, nós já estamos dentro do período conhecido como últimos dias”.
  1. b) COMO SERÃO AS PESSOAS?
Podemos identificar, analisando as palavras de Paulo em 2 Timóteo, as características das pessoas desses dias:
1) Serão aparentemente religiosas
Embora Paulo esteja se referindo a uma situação mundial, podemos entender que até pessoas com aparência piedosa e religiosa (quem sabe dentro de igrejas), estarão vivendo uma vida distante da Santidade (“antes amigos dos prazeres, que amigos de Deus, tendo forma de piedade, negando-lhe entretanto o poder” 3:4-5).
Serão pessoas que buscarão uma justificativa religiosa para continuarem vivendo uma vida de pecado. Para isso, vão procurar igrejas ou líderes que digam o que eles gostam de ouvir e que aprovem seu comportamento errado. Não se interessarão em saber o que Deus pensa a respeito (“cercar-se-ão de mestres, segundo suas próprias cobiças” 4:3).
2) Exaltarão a si mesmas
Vão adorar fazer propaganda de si mesmas, quando a Palavra afirma “Seja outro o que te louve e não a tua boca…”(Pv.27:2). Serão jactanciosos (soberbos), arrogantes e enfatuados (orgulhosos) – 3:2,4. Não se trata de uma autoconfiança positiva, mas sim da que é danosa, que coloca a capacidade pessoal num estágio tão alto, que quase dispensa a presença de Deus. Aliás, Satanás teve esta mesma ideia, achando até que poderia ser Deus (Is.14:12-15).
3) Buscarão somente os seus interesses
Em 2Tm.3:2, são chamados de egoístas, avarentos e ingratos (pedirão a ajuda dos outros para conseguirem alguma coisa e depois nem agradecerão o benefício recebido).
4) Humilharão aos outros
A começar pelos próprios pais, sendo-lhes desobedientes, irreverentes (3:2), blasfemadores e caluniadores (3:2,3), envolvendo a família, a igreja e quem mais estiver por perto.
5) Serão intratáveis
Atrevidos, sem domínio de si, desafeiçoados (sem afeição) e implacáveis (3:3,4). Estas, serão pessoas explosivas e instáveis emocionalmente.
6) Terão atração pela malignidade
Haverá uma inversão de valores, na mente destes: acharão que fazer o que é errado, é plenamente justificável. Serão inimigos do bem, cruéis e traidores (3:3,4).
2. JESUS JÁ HAVIA PREDITO ESTAS DIFICULDADES
Mt.24:10-12 e 23-25: “Neste tempo, muitos hão de se escandalizar, trair e odiar uns aos outros; levantar-se-ão muitos falsos profetas e enganarão a muitos. E por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos (…) Então se alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! Ou: Ei-lo ali! Não acrediteis: porque surgirão falsos Cristos e falsos profetas operando grandes sinais e prodígios para enganar, se possível, os próprios eleitos (…)”.
A passagem acima nos revela que:
a) Haverá aumento da iniquidade
Muito maior que em outras épocas, tendo ênfase especial nos escândalos, traições e ódios.
b) A religião enganará a muitos
Note que a passagem acentua que aparecerão MUITOS falsos profetas e enganarão a MUITOS. Eles serão convincentes, pois realizarão até sinais e prodígios. Mas apesar dos milagres, Jesus diz que são falsos em todos os seus propósitos. Precisamos aprender que “fazer milagres”, não é atestado de boa conduta a ninguém, pois o diabo muitas vezes pode repeti-los (Ex.7:10-12), enganando os ingênuos.
c) O amor se esfriará de quase todos
Acontecerá um desencantamento por parte dos que são corretos, visto que serão uma minoria. Nestes momentos, até os honestos dirão: “Se todos estão agindo errado, o que adianta lutar contra tanta gente?”. Começarão então a buscar seus próprios interesses, mesmo que isto signifique arruinar os outros, sem dó nem piedade.
3. COMO EM NOSSOS DIAS
Estes acontecimentos dos “últimos dias”, previstos tanto por Paulo como por Jesus, bem que poderiam ser uma descrição dos nossos dias!
Sem dúvida, características iguais a estas, ocorreram em vários momentos da história da humanidade. Entretanto, as semelhanças com as quais estamos vivendo em nossa época, nos trazem grandes preocupações.
Observando as qualidades mencionadas nas passagens acima, chegamos à conclusão de que haverá uma desvalorização da Santificação. Muitos acharão “um absurdo” que ainda exista gente preocupada com uma vida santa.
A pressão feita aos verdadeiros cristãos, aumentará assustadoramente. As argumentações, certamente serão de que, “Santificação é um exagero, uma chatice, uma caretice, que foi uma ideia do passado, nada tendo a ver com a realidade atual, que não temos nada de que nos arrepender, que ‘pecados’ são os nossos preconceitos etc., etc., etc.”. Você já ouviu alguma vez este papo?
Saiba que tudo o que escrevemos até aqui, foi feito para que você não tenha nenhuma dúvida, de que Deus quer por parte dos Seus filhos, uma vida santa, hoje e sempre.
Daqui até a volta de Jesus, vai ficar cada vez mais difícil ser um verdadeiro cristão. Mas ninguém disse que seria fácil: Jesus disse que passaríamos por aflições (Jo 16:33), Paulo disse: “todos os que quiserem viver piedosamente em Cristo Jesus, serão perseguidos” (2Tm 3:12). O preço de ser parecido com Cristo (cristão) é alto!
A garantia, no entanto, é de que o Senhor estará ao nosso lado todos os dias (Mt 28:20), o próprio Cristo irá reconhecer aos que lhe são fiéis, dando no momento certo a recompensa pela caminhada da Santificação (Mt 25:31-34).
Lutar contra a maré é sempre difícil. Aceitar o desafio de ser fiel testemunha de Jesus, mesmo diante de pressões e humilhações, não é fácil. O que nos ajudará a caminhar hoje, é a certeza de um futuro tão maravilhoso e fantástico, que nem Paulo conseguiu descrever: “Porque para mim, tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente, não são para comparar com a glória por vir a ser revelada em nós” (Rm.8:18).
Texto extraído do ebook “Eu, um Santo?”, de Sergio e Magali Leoto (Amazon.com).
Por Sergio Leoto (pastor) e Magali Leoto (psicóloga) escritores, palestrantes e trabalham junto às famílias, através do ministério “Fortalecendo a Família”, desde 1990.
* O conteúdo do texto acima é de colaboração voluntária, seu teor é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Se Liga na Informação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário







Zattini













































Não deseja mais receber nossas mensagens? Acesse esse link.



























































As ofertas anunciadas neste e-mail são válidas até 25/03/2019 ou enquanto durarem os estoques.



Preços e condições

Preços e condições válidos somente para compra por meio desta mensagem.

Caso haja diferença de preço ou descrição do produto entre este e-mail e o site, a condição válida e praticada será a do site.

Compras feitas com cartões podem ser parceladas em até 10x sem juros, respeitando-se o valor da parcela mínima de R$ 25,00.



Promoções

As promoções na Zattini não são cumulativas.

As promoções classificadas como "Só Hoje" são válidas somente na data de disparo deste e-mail

Trata-se de um aviso informativo, não significa que você está comprando este produto nem tenha feito uma reserva de compra deste item.

As imagens encontradas no e-mail são meramente ilustrativas.

Para esclarecer dúvidas ou enviar sugestões, acesse nossa central de relacionamento, escreva para sac@zattini.com.br ou ligue (11) 3028-5353.

Nosso endereço: Rua Vergueiro, 943 - Liberdade - CEP 01504-000 - São Paulo - SP - Brasil







Não deseja mais receber nossas mensagens? Acesse esse link.