Salmo 91: o poderoso livramento de Deus - Se Liga na Informação



Salmo 91: o poderoso livramento de Deus

Compartilhar isso

Somente Deus pode nos proteger dos perigos invisíveis que nos rodeiam.


O Salmo 91 é o texto clássico do livramento divino. Muitos o usam de forma mística, sem qualquer proveito para sua alma. Nós, porém, devemos nos deter nas promessas de Deus aqui exaradas. Quais são os privilégios que temos em Deus?
Em primeiro lugar, temos uma habitação plenamente segura (Sl 91.1,2). Habitamos no esconderijo do Altíssimo e descansamos sob a sua sombra. Deus mesmo é o nosso refúgio. Ele mesmo é o nosso baluarte, nossa torre de proteção. Estamos nele. Guardados por ele. Ele nos cobre por todos os lados.

Em segundo lugar, temos livramento do laço do passarinheiro (Sl 91.3a). O laço do passarinheiro é uma armadilha para lançar os pés. Nessa armadilha tem uma isca aparentemente vantajosa que atrai o pássaro, mas quando ele voa para ela em busca de algo que lhe oferece vantagem e prazer, descobre que foi aprisionado. Deus é quem livra nossos pés da queda e nos afasta dessas armadilhas de morte.
Em terceiro lugar, temos livramento da peste perniciosa (Sl 91.3b). A peste perniciosa é uma doença endêmica que assola e mata. Vem como uma onda devastadora. Nenhum castelo, por mais seguro, a mantém do lado de fora. Somente Deus pode nos livrar dessa onda de morte. Somente Deus pode nos proteger dos perigos invisíveis que nos rodeiam.

Em quarto lugar, temos uma proteção amorosa e eficaz (Sl 91.4). Quando uma galinha percebe a chegada de uma tempestade, chama seus filhotes e os protege debaixo de suas asas. Deus, sendo onipotente, ao ver as rajadas de vento e os perigos tenebrosos nos encurralando, nos atrai para debaixo de suas asas. Quando andamos na sua verdade, temos um escudo suficientemente poderoso para nos livrar de todos os dardos inflamados do maligno.
Em quinto lugar, temos livramento dos terrores que assaltam nossa alma (Sl 91.5). O terror noturno fala daqueles medos que assaltam a nossa alma. São os medos que brotam do coração atormentado e sobem da alma angustiada. Nessas horas de escuridão, é Deus quem nos livra de atentarmos contra a nossa própria vida. Deus nos livra não apenas dos perigos invisíveis nas caladas da noite, mas também nos livra das ameaças reais que tentam nos atingir, como setas cheias de veneno, na correria da vida diurna.
Em sexto lugar, temos livramento dos perigos visíveis e invisíveis (Sl 91.6). Há pestes que se propagam nas trevas e há mortandades que assolam ao meio-dia. Somos impotentes que enfrentar ambos os riscos. Nenhuma posição social pode nos blindar. Nenhum conhecimento, por mais robusto, pode nos proteger. Somente Deus pode nos guardar desses perigos reais, mas tantas vezes, invisíveis.
Em sétimo lugar, temos um livramento singular (Sl 91.7,8). Aqueles que buscam abrigo em Deus, veem a morte assolando ao seu lado e à sua direita, mas são preservados milagrosamente por ele. Nossa vitória não decorre de nossas forças nem de nossas estratégias; vêm de Deus!
Em oitavo lugar, temos nossa casa protegida de toda praga (Sl 91.9,10). Quando fazemos de Deus a nossa morada, Deus vem morar em nossa casa, protegendo-nos de todo mal e de toda praga. Os homens maus podem até urdir contra nós e lançar sobre nós suas maldições, mas essas imprecações venenosas não chegam em nossa tenda, porque Deus nos livra de todas elas.
Em nono lugar, temos o ministério dos anjos em nosso favor (Sl 91.11-13). Os anjos são ministros de Deus que trabalham em nosso favor. Eles nos guardam e nos livram. Quando andamos em todos os caminhos de Deus, os anjos nos sustentam e nos livram de tropeços. Mesmo que as víboras mais sutis e venenosas como a áspide nos ataquem ou mesmo que os leões ferozes com seus rugidos apavorantes nos ameacem, prevaleceremos.
Em décimo lugar, temos as promessas de Deus asseguradas (Sl 91.14-16). Aqueles que se apegam a Deus com amor, têm de Deus a promessa do livramento. Aqueles que conhecem o nome de Deus são colocados a salvo. Aqueles que invocam a Deus, recebem de Deus a resposta. Mesmo que a angústia chegue, a esses Deus dá sua presença, seu livramento e sua recompensa de vida longa na terra e salvação eterna!


Por Hernandes Dias Lopes - pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil, escritor, membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil e diretor executivo da Editora Luz para o Caminho.


* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal

Nenhum comentário:

Postar um comentário