A ORIGEM E O FATO DO PRIMEIRO PECADO HUMANO - Se Liga na Informação


A ORIGEM E O FATO DO PRIMEIRO PECADO HUMANO

Compartilhar isso


Lição 16

Gênesis 3:1-6

I. INTRODUÇÃO


A. O terceiro capítulo de Gênesis é um dos capítulos mais importantes da Bíblia. Diz como o pecado entrou na família humana. Ele oferece uma explicação para a tragédia, o sofrimento, a guerra e o mal geral no mundo. Tire Gênesis 3 da Bíblia e você não tem explicação para a presença do pecado.


NOTA: De todos os documentos que vieram da antiguidade, incluindo o registro babilônico, Gênesis 3 é o único que explica como o mundo se tornou pecador e maligno. Documentos antigos podem falar do bem e do mal, mas não há menção à origem do pecado.



B. Este capítulo nos diz alguns fatos definidos sobre o pecado: (1) que Deus não é o autor do pecado; e (2) que o pecado veio ao homem de fora e não da natureza original do homem.

II. O ATAQUE DE SATANÁS A SABEDORIA DE DEUS. 3:1-3


A. Verso 1


1. A serpente era uma bela serpente. No entanto, o próprio Satanás está por trás da serpente, que é o instrumento, canal ou ferramenta para expressar sua vontade sutil (inteligente). Trabalhando através da serpente, Satanás usa várias vias de infiltração para alcançar a mulher e o homem para induzi-los a pecar contra Deus. Aquele que mais tarde é chamado de “antiga serpente” (Apocalipse 12:9; 20:2) pode se disfarçar de anjo de luz (2 Coríntios 11:14) agora mostra sua astúcia.



2. Eva deveria ter sido alertada para a singularidade desta serpente, pois estava falando com ela, o que nenhum dos outros animais jamais havia feito.



NOTA: O Diabo tentou Eva antes de Adão. Por quê? Talvez ela, sendo formada pelo homem e sendo o vaso mais fraco, tenha sido mais suscetível à tentação em sua constituição psicológica (1 Timóteo 2:13-14; 2 Coríntios 11:3; 1 Pedro 3:7).


3. As palavras "Deus disse" são essenciais, pois o diabo sempre tenta levar as pessoas a negar a palavra de Deus. Todo pecado tem como princípio uma falha em acreditar no que Deus nos revelou na Bíblia.



4. Satanás está questionando a sabedoria de Deus. Ele sutilmente faz isso levantando uma pergunta; não é um ataque frontal à verdade. É como se Satanás dissesse: “É sábio que seu Deus faça uma limitação nesta árvore, enquanto permite que você coma de todas as outras? Um Deus bom, sábio e amoroso realmente faria isso? ”Satanás implanta na mente a ideia de que Deus é indevidamente rigoroso, não permitindo que Adão e Eva comam de todas as árvores.



5. Este versículo também nos dá o primeiro passo na tentação ( Tiago 1:14-15). Existem três etapas: (1) despertar o desejo de fazer o que é errado; (2) permitir a intenção de formar e a ocorrência de um ato; e (3) colher os resultados, que é a morte. O tentador colocou uma pergunta na mente de Eva e ela sentiu um desejo errado sendo despertado em seu coração. Satanás conseguiu implantar desconfiança da sabedoria e bondade de Deus em seu coração. Ele está tentando alterar a imagem de Deus em seu pensamento.



NOTA: Ele está dizendo: "Ou você o entendeu mal e ele realmente não disse isso, ou se ele disse isso, então obviamente ele não é exatamente o tipo de Deus que você imaginou que ele fosse".



B. Versos 2-3

1. A mulher, em vez de repreender a serpente, entra em diálogo com ela. Ela sabia que os animais não falam ou que qualquer criatura tem o direito de questionar a sabedoria de Deus.



2. Eva entendeu perfeitamente o mandamento de Deus e sabia que ela não deveria comer da árvore do conhecimento do bem e do mal. Ela também entendeu as consequências de comer que seriam a morte. As palavras “nem tocareis” que não faziam parte da proibição original são um exagero e mostram que talvez até secretamente Eva tenha sentido que a proibição original era muito rigorosa.



NOTA: Deus colocou essa limitação sobre o homem para que o homem se lembrasse de que ele é uma criatura e não Deus. Deus deixou essa proibição para testar Suas criaturas quanto à obediência voluntária a Ele. Essa limitação foi colocada lá para o bem do homem e Deus sabia das consequências, mesmo que o homem não soubesse.


NOTA: Deus impõe limitações aos homens para seu próprio bem e quando os homens violam a lei moral de Deus, o resultado é sempre tristeza, mágoa e miséria.

III. O ATAQUE DE SATANÁS A PALAVRA DE DEUS (3:4).


Agora Satanás abertamente substitui uma mentira pela verdade, mas ele faz isso no reino do futuro, onde você não pode verificar os resultados até que eles aconteçam. Deus disse que eles morreriam, mas Satanás disse que eles não morreriam. Tendo implantado uma dúvida, Satanás agora tem coragem de avançar uma negação direta da verdade de Deus. Ele agora está em posição de dar um nocaute.


NOTA: Eva ainda poderia resistir a essa tentação, mas seria difícil, pois ela está sendo atraída cada vez mais a desconfiar e rejeitar Deus em sua vida. Ou ela deve sair vigorosamente para o lado de Deus ou deve se alinhar com a serpente. Eva está sendo pressionada a negar a autoridade de Deus em sua vida e a aceitar sua independência de Deus.



NOTA: Satanás está dizendo a Eva que, para ser realmente livre, ela não deve ter restrições sobre ela, nem mesmo de Deus. Se ela deseja obter objetividade, integridade e bem-estar que caracterizariam uma vida frutífera, ela não deve ser obrigada por lei. Isso é uma mentira de Deus, pois a liberdade está sendo vinculada pelas leis morais de Deus.

IV. O ATAQUE DE SATANÁS À VONTADE DE DEUS (3:5)


Isso está questionando a vontade de Deus, pois não era Sua vontade comer da árvore do conhecimento do bem e do mal. Observe que essa é uma meia-verdade distorcida apresentada por Satanás. Pois Deus disse que eles conheceriam o bem e o mal, mas ele nunca disse que isso era uma coisa boa, pois Satanás implica que seria.


O diabo esqueceu de dizer a Eva que isso seria a pior coisa que poderia acontecer ao homem. Eva pensou que isso seria algo maravilhoso, emocionante e glorioso, mas o resultado seria desastroso.

V. A QUEDA DO HOMEM (3:6)


A. Satanás despertou o desejo de Eva de ir além das limitações impostas por Deus. Ela sentiu uma pontada de injustiça em Deus e queria ser como ele, de modo a torná-lo igual.


NOTA: Quando a mente humana é tentada com a justiça de Deus, isso é uma obra do diabo.



B. As emoções de Eva despertadas, agora colocam sua mente em ação, a fim de julgar a lógica da situação. Sua mente agirá de acordo com seu desejo. Mesmo antes de sua mente entrar em ação, ela quer o fruto e secretamente decidiu tê-lo. Ela não age mais sobre os fatos do jeito que eles são, mas como eles aparecem para ela. Como a mente não age mais racionalmente porque é controlada pela emoção, ela deve racionalizar.


C. Sua primeira racionalização é que o fruto seria boa para comer. Isso satisfaria sua necessidade imediata de fome e os efeitos a longo prazo seriam resolvidos por si mesmos. Essa é a “luxúria da carne” (1 João 2:16) que vive para o presente imediato.



D. Sua segunda racionalização é que o fruto era "agradável aos olhos", o que indica que era atraente e excitava os sentidos. Esta é a luxúria dos olhos (1 João 2:16).



NOTA: O prazer está sempre presente na tentação. O pecado é divertido; pelo menos no momento. É o prazer do pecado, que o torna tão atraente e sedutor para nós. Existe o elemento do desconhecido, e essa é uma das razões pelas quais os homens pecam, mesmo quando a mente lhes diz que isso pode ser prejudicial. O pecado finalmente destrói.



E. Sua terceira racionalização é que o fruto a tornaria sábia. Isso reforçou seu orgulho ou ego. A armadilha do diabo é o orgulho do coração, o ego do homem. Esse é o orgulho da vida (1 João 2:16). O conhecimento sem Deus produz demônios inteligentes.



F. Eva comeu o fruto. Quando Eva racionalizou toda a situação, ela finalmente cedeu. Ela deixou suas emoções governarem sua mente e o resultado foi ceder à tentação, que é o pecado.



NOTA: Deus fez o homem primeiro usar sua mente para que os fatos provocassem as emoções. Finalmente, mente e emoção movem a vontade em direção a Deus. No entanto, o homem caído geralmente recebe emoções antes da mente e há um problema.



G. Eva ficou tentada, mas Adão comeu voluntariamente. Adão poderia ter recusado, mas não recusou, então, aparentemente, Adão sentiu que as limitações de Deus eram muito rigorosas também. Adão sabia o que estava fazendo e entrou em pecado com os olhos bem abertos. (1 Timóteo 2:12-14).



NOTA: Adão era o chefe da raça humana. Se Adão tivesse pecado primeiro, Eva pode ter culpado Adão. Mas Adão pecou voluntariamente e não foi enganado, e toda a raça humana foi mergulhada no pecado.



NOTA: Quando nossos primeiros pais pecaram, eles se tornaram como Deus, conhecendo o bem e o mal. No entanto, o mal os fez ter uma visão distorcida de Deus e do homem. Agora, o homem tornou-se pequenos deuses, declarando independência de Deus e fez suas próprias regras, violando as regras ou leis de Deus.


Aldenir AraújoAutor: Aldenir Araújo
Servo do Deus altíssimo, pastor, escritor, web design, produtor digital, blogueiro profissional, autor do site "O Pregador" e vários outros projetos na internet. Ama compartilhar experiências e ajudar pessoas a desenvolver o verdadeiro potencial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário







Zattini













































Não deseja mais receber nossas mensagens? Acesse esse link.



























































As ofertas anunciadas neste e-mail são válidas até 25/03/2019 ou enquanto durarem os estoques.



Preços e condições

Preços e condições válidos somente para compra por meio desta mensagem.

Caso haja diferença de preço ou descrição do produto entre este e-mail e o site, a condição válida e praticada será a do site.

Compras feitas com cartões podem ser parceladas em até 10x sem juros, respeitando-se o valor da parcela mínima de R$ 25,00.



Promoções

As promoções na Zattini não são cumulativas.

As promoções classificadas como "Só Hoje" são válidas somente na data de disparo deste e-mail

Trata-se de um aviso informativo, não significa que você está comprando este produto nem tenha feito uma reserva de compra deste item.

As imagens encontradas no e-mail são meramente ilustrativas.

Para esclarecer dúvidas ou enviar sugestões, acesse nossa central de relacionamento, escreva para sac@zattini.com.br ou ligue (11) 3028-5353.

Nosso endereço: Rua Vergueiro, 943 - Liberdade - CEP 01504-000 - São Paulo - SP - Brasil







Não deseja mais receber nossas mensagens? Acesse esse link.