Escola Bíblica Dominical: A ressurreição de Jesus Cristo - Se Liga na Informação





Escola Bíblica Dominical: A ressurreição de Jesus Cristo

Compartilhar isso
INTRODUÇÃO
Professor(a), nesta lição você falará de um tema importantíssimo para o cristianismo, é interessante atrelar essa verdade à existência da fé cristã, pois uma está ligada a outra.
"se lhe fosse retirada a inconcussa verdade", inconcusso é aquilo que está fixado; está firme, inabalável, sólido. Ou seja, é assim que está a verdade sobre a ressurreição de Jesus, não tem como ser contestada. Não existiria cristianismo se a ressurreição de Jesus não fosse verdade.
1. O túmulo de Jesus vazio
- "muito bem guardado por soldados romanos", Jesus foi morto sob acusação de sedição contra o estado romano, por isso a necessidade de se guardar o seu túmulo.

1.1. Teriam furtado o corpo de Jesus os Seus discípulos?
- "e conscientizadas do perigo e das consequências", como Jesus era um prisioneiro acusado de se rebelar contra Roma, então o desaparecimento de Seu corpo poderia causar mais turbulência no governo.
"exigiria muitas pessoas e muito tempo para ludibriar", se os discípulos tivessem roubado o corpo de Jesus, a farsa teria logo sido descoberta e seria registrada por algum historiador.

1.2. Teriam furtado o corpo de Jesus os seus adversários?
...
1.3. A inércia das autoridades diante dos fatos envolvendo a ressurreição de Jesus
- "falaram que dormiram", em escavações na cidade de Pompeia, soterrada pelo vulcão Vesúvio foram encontrados restos de sentinelas romanas petrificados no posto de sentinela, era quase impossível um soldado romano dormir ou abandonar o seu posto, a punição poderia ser a morte.
"Porque não tinham provas contra os discípulos", e não tinham provas porque tudo era uma fraude, a história foi inventada, se fosse verdade, eles teriam o maior prazer em continuar perseguindo os discípulos com base nessas acusações.

2. As posteriores aparições de Jesus

2.1. Testemunhas da ressurreição de Jesus
"onde residiam testemunhas oculares que diziam ter visto Jesus", mais de 500 irmão conforme o relato de Paulo em 1 Coríntios
"Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos, dos quais vive ainda a maior parte, mas alguns já dormem também.", 1 Co 15.6
- "pelos relatos de Paulo, muitos ainda viviam nos seus dias", a carta aos Coríntios foi escrita muito depois da ressurreição de Cristo, por isso Paulo se preocupa em afirmar que muitos irmãos ainda viviam, toda a história poderia ser confirmada com eles.


2.2. Testemunho dos evangelhos sobre a ressurreição de Jesus
- "provavelmente entre 65 e 98 d.C.", lembrando que primeiro foram escritas as cartas de Paulo e só depois é que surgem os evangelhos, primeiramente com o de Marcos, depois Mateus e Lucas e por último o de João.
"aceitos em todas as igrejas, como o único registro válido", haviam outros evangelhos de pouca aceitação e alguns livros apócrifos conhecidos, por isso foi preciso em 393 d.C. a definição do cânon sagrado pelo Concílio de Hipona.

2.3. Jesus apareceu fisicamente após Sua ressurreição 
"e não através de uma visão", alguns liberais e  ateus que contestam que o Jesus histórico fosse realmente o Cristo, acreditam que a ideia da ressurreição de Cristo fosse algo inventado pelos discípulos a partir de visões e delírios.


3. Importância da ressurreição de Jesus

3.1. Jesus ressurreto é o alicerce do cristianismo
- "O cristianismo não teria prosperado se Jesus não tivesse ressuscitado", não haveria como uma religião se expandir tanto sem o uso da força e da intimidação sem uma proposta salvadora como a de Cristo e um poder direcionador como o do Espírito Santo, e se Jesus não tivesse ressuscitado essa proposta salvadora simplesmente não existiria.


3.2. Jesus ressurreto deu convicção aos Seus discípulos
- "deu a cada um de Seus discípulos a convicção e a coragem", tanto a convicção como a coragem veio por um elemento que eles estavam precisando, a fé. Pois, quando Jesus morreu eles perderam a fé e se esconderam, até Pedro que estava disposto a pegar em armas para defender Jesus, recuou e o negou ao ver Ele preso, porque a fé havia acabado.
"arriscou sua voda diante de uma multidão em plena Jerusalém", se refere ao fato de Pedro ter pregado àquela multidão no dia de Pentecostes, nesse caso, porém, ele arriscou a vida após o revestimento de poder pelo Espírito Santo, é bom esclarecer.


3.3. Jesus ressurreto traz esperança aos cristãos
- "é a maior a maior prova visível e crescente de que Jesus ressuscitou", esse é o mais convincente argumento, pois famílias inteiras deram a vida pelo evangelho, e como alguém faria um sacrifício extreme desse sem a certeza de que o seu Senhor está vivo?
"Ele é "as primícias dos que dormem", essa é uma afirmação que demonstra a promessa da glória futura, pois "primícias" era os primeiros frutos colhidos da plantação e se Jesus é o primeiro fruto dos que dormem, (mortos) se referindo ao fato de Ele ter ressuscitado para não mais morrer, então outros se seguirão a Ele (nós).

CONCLUSÃO
Faça a revisão.
Corrija o questionário.
Convide os alunos para a próxima aula.


Pr Marcos André


SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE EM NOSSOS ANÚNCIOS! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário