ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL: UM LUGAR DE ADORAÇÃO - Se Liga na Informação



ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL: UM LUGAR DE ADORAÇÃO

Compartilhar isso
Versículo do dia
"Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.", Jo 4.23

Para impactar
A igreja do Senhor Jesus deve ser formada por um povo que O adore com verdade. Não existe maior sacrifício a se oferecer a Cristo do que a verdadeira adoração.

Textos de Referência.
Jo 4.20-24

Introdução
Deus presenteou o homem com um dispositivo que é capaz de levá-lo ao trono da graça, a presença de Deus. Este dispositivo se chama adoração. O que no princípio estava com os anjos nos foi concedido para demonstrar o quanto somos valiosos para o Pai.

#pontochave
“A igreja deve entender que a verdadeira adoração tem como centro Cristo, e não homens, pois toda a glória pertence ao Senhor Jesus."
1. ENTENDENDO O QUE É ADORAÇÃO
O termo adoração aparece algumas vezes na Bíblia: no grego como latreia e no hebraico como bhôdhâ, o que traz o sentido de serviço efetuado por escravos. Quando esta adoração se refere a Deus, aparece o hebraico hishtah wa e no grego proskyneõ; trazendo o sentido de reverência.

1.1 Adorar é reverenciar
"Ó, vinde, adoremos e prostremo-nos; ajoelhemos diante do Senhor que nos criou.", Sl 95.6
A adoração verdadeira do cristão para com Deus está inteiramente ligada à reverência.
Reverenciar significa grande respeito a alguém diante de suas virtudes, grande consideração, e desejo de honrar. Assim deve ser a Igreja de Cristo: um povo que saiba reconhecer a grandeza de Deus, que O adore intensamente e que se renda a Sus glória.
"Por isso, tendo recebido um reino que não pode ser abalado, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus agradavelmente, com reverência e piedade;",Hb 12.28


1.2. Adorar é reconhecer
Faz parte da adoração, o reconhecimento de quem é Deus, o que representa para nós, e quão grande é o Seu poder.

Este reconhecimento nos faz entender que não somos nada perto de quem Ele é, e que não temos capacidade para nada sem Ele.
"Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.", Jo 15.5A igreja de entender que a verdadeira adoração tem como centro Cristo, e não homens, pois toda a glória pertence ao Senhor Jesus.
Que a nossa adoração seja embasada no conceito de João Batista:
"É necessário que ele cresça e que eu diminua.", Jo 3.30

#pararefletireadorar  "Só a verdade capacita a alma a dar glória a Deus". John Owen

2. UM FATO DE GRATIDÃO
Quando pela gratidão cultuamos ao Senhor, por termos recebido a salvação sem nenhum mérito, estamos de fato adorando!

2.1. Não merecíamos 
A adoração é um ato complexo, talvez por isso o Senhor diga que procura os que O adorem em espírito e verdade (Jo 4.24), pois faz parte da adoração o ato de gratidão ao Senhor por ter nos resgatado da perdição e da morte.
"Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto.", Sl 32.1
 "Dando graças ao Pai que nos fez idôneos para participar da herança dos santos na luz;
O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor;", Cl 1.12-13


"A adoração verdadeira do cristão para com Deus está inteiramente ligada à reverência." 
2.2. Cristo decidiu se entregar por nós
A gratidão como um ato de adoração deve trazer a nossa mente e ao nosso coração que, quando adoramos, estamos recordando do ato sublime de Cristo, que foi se entregar à morte em nosso lugar, tomar sobre si os nossos pecados, livrar-nos da condenação e nos justificar perante o Pai.
Como não ser grato a alguém que toma nossa culpa sobre si, nos restaura e ainda compartilha sua herança?
"E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.", Rm 8.17

3. NO LUGAR DA INTIMIDADE
"E o povo creu; e quando ouviram que o Senhor visitava aos filhos de Israel, e que via a sua aflição, inclinaram-se, e adoraram.", Êx 4.31
3.1. Adoração está em nosso íntimo
Nós, como igreja de Cristo devemos entender que a adoração faz parte de quem somos, do que vivemos e do que objetivamos. A adoração é o momento em que nos aproximamos de Deus através de nossa diminuição e do reconhecimento do quanto é maravilhoso tê-lo como nosso Senhor.
Como está escrito no tópico anterior, devemos nos prostrar, ajoelhar-nos e adorar-nos e adorar aquele que é o Criador de todas as coisas.
3.2. O Espírito Santo
Deus é tão generoso que, mesmo no momento de adoração, Ele não permite que estejamos sós, mas o Espírito Santo nos auxilia e nos impulsiona a adorar a Deus com a intensidade que Ele merece.
"Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento.", 1Co 14.15
Conclusão.
A adoração deve fazer parte do cotidiano da igreja, pois o Senhor é digno de adoração, Ele deve ser honrado e reverenciado em todo o tempo, pois a salvação imerecida está conosco todo o tempo, a sua misericórdia e o seu amor também.
Devemos adorá-Lo, porque ninguém seria capaz de nos amar como Ele.

#aprendeu
1. O que significa reverência?

2. O que é Adoração?

3. Quem nos auxilia e nos impulsiona a adorar ao Senhor coma intensidade necessária?

Fonte: Revista Betel Conectar

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE EM NOSSOS ANÚNCIOS! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário