OPINIÃO: A importância do “Escola sem Partido” - Se Liga na Informação


OPINIÃO: A importância do “Escola sem Partido”

Compartilhar isso
Quando as manifestações pela educação são descaradamente políticas




Na última quarta-feira tivemos manifestações contra o contingenciamento de verbas para a educação pública superior. Além de estudantes e professores universitários, outras categorias foram às ruas a fim de militar nessa causa… Ou seria para gritar “Lula livre”?
No espaço democrático, como o brasileiro, é livre a manifestação do pensamento, vedado o anonimato. Nessa linha, é normal que a esquerda, mesmo após 14 anos na presidência, se mantenha como mestre em oposição. Tudo o que Bolsonaro fizer será motivo para que essa oposição se inflame, passando a condenar as mesmas práticas que Lula e Dilma já tiveram.
Mais um problema ocorre quando, ao invés de ensinar, professores se transformam em militantes políticos, contrariando todas as regras pelas quais foram contratados para ensinar. É legítimo que um docente abandone sua disciplina para se posicionar contra ou a favor do governo (federal, estadual ou municipal)? Claro que não!
Nessas últimas manifestações inúmeros casos de ideologização escolar foram identificados. Eu, particularmente, tive acesso a uma dessas situações. Um colega “trabalhador-mirim” do TJMG, aluno em uma escola municipal de Juiz de Fora, MG, relatou sua situação: o professor de português ofereceu cinco pontos para cada aluno que participasse das manifestações no último dia 15. Aliás, segundo o rapaz, “meu professor não gosta do Bolsonaro”. Trata-se de um típico sistema de doutrinação.
Também por isso precisamos defender o “Programa Escola sem Partido”, que atualmente tramita na Câmara dos Deputados como o Projeto de Lei nº 246/2019. Não há qualquer tentativa de policiamento aos professores. Apesar de o Supremo Tribunal Federal interpretar de outra forma, a liberdade de cátedra não significa que os docentes possam falar sobre o que quiserem.
Aliás, no caso de professores de instituições públicas, o princípio da eficiência confirma que eles devem se ater exclusivamente ao conteúdo de suas disciplinas. Eles são pagos pelo Estado para ensinar uma matéria (português, matemática, história, geografia…) e não para formar militantes políticos. Ainda, não é demais lembrarmos que as questões de ordem moral e religiosa estão sob os cuidados dos pais, e em caráter prioritário.
Finalmente, te convido a perceber quem são os contrários ao “Programa Escola sem Partido”. São justamente os professores doutrinadores, em sua imensa maioria esquerdistas, que transformam suas aulas em palanques ideológicos. Por outro lado, os docentes sem esse tipo de postura doutrinadora em nada se constrangem ao terem suas aulas gravadas; eles sabem que atuam em conformidade com os limites do cargo que ocupam.
Por tudo isso devemos ser favoráveis ao “Escola sem Partido”: contra a ideologização e a favor de uma educação pública de qualidade. E sem “Lula livre” ou “Ele não” nas salas aula!
FONTE: GOSPEL PRIME

Nenhum comentário:

Postar um comentário







Zattini













































Não deseja mais receber nossas mensagens? Acesse esse link.



























































As ofertas anunciadas neste e-mail são válidas até 25/03/2019 ou enquanto durarem os estoques.



Preços e condições

Preços e condições válidos somente para compra por meio desta mensagem.

Caso haja diferença de preço ou descrição do produto entre este e-mail e o site, a condição válida e praticada será a do site.

Compras feitas com cartões podem ser parceladas em até 10x sem juros, respeitando-se o valor da parcela mínima de R$ 25,00.



Promoções

As promoções na Zattini não são cumulativas.

As promoções classificadas como "Só Hoje" são válidas somente na data de disparo deste e-mail

Trata-se de um aviso informativo, não significa que você está comprando este produto nem tenha feito uma reserva de compra deste item.

As imagens encontradas no e-mail são meramente ilustrativas.

Para esclarecer dúvidas ou enviar sugestões, acesse nossa central de relacionamento, escreva para sac@zattini.com.br ou ligue (11) 3028-5353.

Nosso endereço: Rua Vergueiro, 943 - Liberdade - CEP 01504-000 - São Paulo - SP - Brasil







Não deseja mais receber nossas mensagens? Acesse esse link.