Hacker segue invadindo perfis, criando falsas conversas e tentando criar armadilhas para atacar a Lava Jato. - Se Liga na Informação



Hacker segue invadindo perfis, criando falsas conversas e tentando criar armadilhas para atacar a Lava Jato.

Compartilhar isso

Mensagens enviadas a partir do celular de um conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) no grupo de Telegram do colegiado chamaram a atenção dos colegas para a invasão de hacker no chat de conversas.
As mensagens foram disparadas do celular do conselheiro Marcelo Weitzel Rabello de Souza nesta terça-feira (11) por volta das 23h.
Um dos torpedos dizia que o caso revelado no domingo (9) pelo site The Intercept Brasil envolvendo o ministro da Justiça, Sergio Moro, e o procurador da República Deltan Dallagnol era apenas “uma amostra do que vocês vão ver na semana que vem”, dizia o texto.


Os colegas estranharam o tom dos torpedos e começaram a questionar o conselheiro no grupo. Na sequência, receberam outro torpedo dizendo: “Aqui é o hacker”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário