Pela Fé... - Se Liga na Informação




"Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e
a prova das coisas que não se vêem" (Hebreus 11:1).


Dr. Harry Ironside, pastor por 18 anos da Igreja Moody, em
Chicago, em uma viagem de férias, visitou uma certa igreja,
participando de sua Escola Bíblica. O professor da classe
perguntou aos alunos presentes: "Como as pessoas eram salvas
na época do Velho Testamento?" Depois de alguns momentos, um
homem respondeu: "Cumprindo a Lei". "Está correto", disse o
professor. Porém, Dr. Ironside interrompeu: "Minha Bíblia
diz que pelas obras da Lei, nenhuma carne será justificada".
O professor, um pouco envergonhado, falou: "Alguém tem outra
idéia?" Outro aluno respondeu: "Eles eram salvos trazendo
sacrifícios para Deus." "Sim, está certo!" disse o
professor, tentando continuar com a lição. Mas, Dr. Ironside
interrompeu novamente, "Minha Bíblia diz que é impossível o
sangue de touros e bodes tirar pecados". O professor,
percebendo que o visitante conhecia bem a Bíblia e,
provavelmente, mais do que ele, falou: "Bem, diga-nos,
então, como as pessoas eram salvas no Velho Testamento!" Dr.
Ironside explicou que elas eram salvas pela fé -- do mesmo
modo que são salvas hoje! Vinte e um vezes em hebreus 11
você achará as mesmas palavras: "Pela fé".



O que está faltando ao mundo de hoje para que seja feliz e
ricamente abençoado? O que está faltando para nós, filhos de
Deus, para que alcancemos as vitórias almejadas e a
realização de nossos sonhos? Por que vivemos murmurando
pelos cantos, reclamando de tudo e de todos, sem conseguir
abandonar o caminho das frustrações?



O que mais nos falta, no caos em que se transformou o mundo
atual, é fé. Quando o homem sepultar suas dúvidas e
incertezas e confiar plenamente no Deus que tudo pode,
deixará de ser um fraco e se tornará forte; deixará de ser
um perdedor para se tornar um grande vencedor; deixará de
ser um perdido e se alistará no exército dos salvos do
Senhor.



Tem você caminhado "pela fé"?

Pr. Paulo Roberto Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário